Principal
Webmail
 
  Home   /   A Mondrongo   /   Agenda   /   Catálogo   /   Conteúdos   /   Mondronguinho /   Onde Comprar   /   Contatos
 
Catálogo
 
24/08/2017 - 16h57 - Atualizado em 24/08/2017 - 17h07
Editora Mondrongo - ()
TAMANHO DA FONTE A- A+
 
 
 

Carta a Rubem Braga

Autor: Gustavo Felicíssimo
 
Gênero: Crônica
Nº de páginas: 122
Formato:15 x 21,5cm 
Edição: 1ª Edição
Ano: 2017
Preço: 35,00 
 

Detalhe: Frete free até 30/09. O autor é também poeta e editor da Mondrongo.


Um bom cronista está ligado a tudo, mas não se limita a nada. Gustavo Felicíssimo faz da crônica um tipo de nomadismo, mas é um nômade peculiar – viaja parado. Assim, o leitor vai viajar com Muller, o mendigo leitor de Goethe, com Dona Jacinta e o Euro, vai perceber gratificado que Messi é poeta e Cristiano Ronaldo é prosador, vai ficar de luto pela morte de um Poeta e de um craque de futebol, que era médico, vai descobrir o voo líquido, os vários ofícios do cronista – enchedor de linguiça, empacotador, garçom, cozinheiro etc. –, a liturgia profana do bar, o cronista-editor e suas peripécias, vai ver o menino revisitar o homem e sua memória se converter em irmã menor da alma. Na flexibilidade temática da crônica, Gustavo Felicíssimo transita com simplicidade e leveza pelo lirismo comovente da memória, denuncia o lixo cultural e político que abarrota nosso dia a dia, pelas definições, por sinal, excelentes, do universo do futebol, pelos dramas pessoais seus e alheios, pois, acima de tudo, um bom cronista se compadece com os que sofrem, e se rebela contra o que não presta. Este Carta a Rubem Braga pode ser lido como alguém que recebe uma mensagem de um habitante do mundo, nascido em Marília de alma baiana, e, atento, sai a passear pelas ruas de sua cidade íntima e a vê como se fosse a primeira vez. (da apresentação de João Filho)




 
2011 - Todos os direitos reservados

Rua Sóstenes de Miranda, 178 | 1º Andar | Centro
Itabuna-BA | CEP 45.600-210.

Tel. (73) 3041-3116 | 9147-0223 | 8842-2793
Assine nossa Newsletter
E-mail:
Nome: